Pele animal ou fake fur? É justo matar para vestir?

Olá, meninas! Me ausentei por um tempo, mas estou de volta e vou fazer o impossível para postar pelo menos 1 vez por semana uma matéria aqui no blog. Esse assunto que eu escolhi faz parte de um trabalho de inglês , o assunto sobre pele animal, o que achamos sobre isso, se gostamos, se usaríamos, qual seria nossa reação. Preparei esse aqui especialmente pra vocês em português.

d2220a0d8574df07bde994fbfdf15daa

Qual é a sua reação quando você vê alguém usando um casaco de pele? A minha é bem espantosa, como se estivesse vendo na minha frente o sofrimento de todos os animais que pela ‘moda’ morrem. E, infelizmente, ainda há muitas marcas internacionais que usam peles animais, em fevereiro na passarela do Fashion Week de Paris foram vistos grandes nome da alta costura exibindo suas criações, assim como: Marc Jacobs, Zac Posen e Louis Vuitton. Uma triste realidade, que ainda vem matando milhares de animais de uma forma muito cruel, que milhares de pessoas nem imaginam. No ano passado boicotaram a loja Zara, também pela venda de blusas com pelos de animais. Esse ano, foi a vez da grande loja varejista H&M, que começou a vender blusa com pelo de coelho angora, isso sem saber como era feito o processo até chegar nas lojas. Logo após o escândalo, surgiu um pequeno filme no jornal Holandês NOS, mostrando o procedimento para retirar os pelos do coelho, que acontecem em enormes fazendas e geralmente na China, e como já era de se esperar, era feito da forma mais cruel que um ser humano pode imaginar.

Fendi-Fall-Winter-2012-2013-Collection-45

Fendi-Fall-Winter-2012-2013-Collection-46

A casa de moda italiana Fendi fundada em 1918, abriu a sua primeira loja de pele e artigos de couro em 1925 em Roma e a segunda loja em 1938.  Em 1965, o designer alemão Karl Lagerfeld juntou-se à Fendi. O logo “FF” invertido, conhecido mundialmente foi ele quem criou. Hoje, em 2014 são mais de 100 lojas em todo o mundo. Em cima 2 fotos da coleção de outono/inverno de 2012-2013, e como vemos, a coleção inteira foi criada com pele e couro animal. A Fendi conhecida pelos seus casacos luxuosos de pele não agradou nem um pouco os ativistas.

108186-toy-dog

Em junho de 2011, dezenas de ativistas se reuniram em Seoul na Korea do Sul, e protestaram contra a casa de moda italiana Fendi. Montaram uma passarela e nela desfilavam mulheres cobertas de sangue falso e ao mesmo tempo rasgavam ursinhos de pelúcia. Hoje em dia, o que está na moda é reciclagem, é sustentabilidade, é pensar em como produzir roupas, objetos e móveis de uma maneira mais ecológica sem prejudicar o meio ambiente e por isso para muitos isso aqui é inimaginável nos dias de hoje.

lady-gaga-fur-coat-1344935968-custom-0_Fotor_Collage

Como todos já conhecem a famosa Lady Gaga, e sabem como ela adora causar polemicas usando as roupas mais bizarras que já foram vista na história da humanidade, ela apareceu na Bulgária, usando um super híper casaco de pele e para combinar um cachorrinho super fofinho e peludo. A reposta dela no twitter pelas criticas feitas por jornalistas e ativistas simplesmente foi: Não esqueçam de dar os créditos à Hermès. Enquanto essas pessoas não tomarem consciência da gravidade do problema, isso infelizmente continuará acontecendo. Ninguém luta mais pelos animais como os ativistas lutam; e também não há, digamos uma lei que proíba o uso de casacos de pele ou couro.

Espero que gostem do post e fiquem a vontade para comentar, deixar sua opinião sobre o assunto. Semana que vem tem mais! Beijos.

Advertisements